Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Notícias
 
 

“Ciclovias, peões nas mesmas, reclamar ou contornar”

Por: José Morais
Fotos:
Arquivo NP
A construção das ciclovias nas cidades cada vez é mais uma realidade, ao pensar-se na segurança e conforto dos ciclistas, onde é possível utilizar a bicicleta sem ter de enfrentar o trânsito, o que muitas vezes pode ser uma aventura arriscada, mas o piso mais liso das ciclovias, é apelativo a que os peões possam dar um passeio ideal a pé, mas que deveremos de fazer quando pedalamos de bicicleta, encontramos peões a passear, a utilizarem as mesma para circular, impedindo assim o caminho do ciclista, quem neste caso possui razão.
Apesar das ciclovias terem sido criadas para as bicicletas, nem sempre é o melhor sito para usar, já que muitas vezes a integridade física fica em perigo, pode parecer contra-senso, mas existem muitas razões para isso, já muitas são defeituosas, mal construídas, onde o ciclista pode apanhar um obstáculos pelo meio, ou simples interrupções pelo meio, algo que não se espera.
Mas não só isso é razão para muitos ciclistas, os quais muitas das vezes não as utilizam, optando para irem para a estrada, porque a ciclovia é um espaço desejado pelos peões, um chamariz para andar motivado pelo seu piso normalmente em melhores condições.
Muitas ciclovias são muitas vezes feitas em paralelo a percursos pedonais, o que pode levar a alguma promiscuidade, porque facilmente os peões podem passar para a ciclovia por estar mesmo ali mesmo ao lado, e para eles é indiferente por onde andam a pé.
Porem, aconte-se nas vias partilhadas entre ciclistas e peões, onde pode gerar ainda mais confusão, tendo as ciclovias um piso irresistível, e sendo desportista a correr, ou a simples senhora de salto alto a fazer o seu passeio, inconscientemente todos gostam de seguir o caminho marcado, ao qual muitas vezes não dão por isso, e se cruzam depois com um ciclista, mas é algo que muitos de nós já demos a andar a pé numa ciclovia sem nos apercebemos.

Irritar-se em nada adiante

Ao sairmos para pedalar e utilizamos a ciclovia, vamos descansados muitas vezes a pensar na nossa vida, e às vezes até com alguma velocidade, como vamos numa zona de ciclistas, nunca estamos á espera de encontrar peões num espaço que não lhes é reservado, já que se trata de uma ciclovia apenas para bicicletas, e qual a decisão no momento, para os que possuem campainha será o de tocar várias vezes a alertar, ou até gritar, mas infelizmente os peões não ouvem ou fazem que não, e mais grave não se desviam.
Esta atitude enfurece sem dúvida muitas vezes o ciclista, o que origina muita vezes a saírem palavras menos bem-educadas, mas, nem todos o fazem, e são educados, mas é claro de que existe quem o faça, porem a verdade é de quem em nada adianta muito estas atitudes, o que nos irrita, e temos de ver o risco que corremos, teremos de ter mais atenção ao caminho, é certo de ficamos sempre mal-humorados, muitas vezes o resto do dia, mas teremos de ultrapassar, porque na nossa pedalada provavelmente se vai encontrar mais peões na nossa frente, e a atitude voltará outra vez, o mais correto é ignorar.

Segurança, terá de zelar pela sua

Uma coisa que o ciclista terá de ter em conta, será que por muita razão que o ciclista possua, e sendo as ciclovias para as bicicletas, terá sempre o mesmo de ter em conta que o elo mais fraco é o peão, e mesmo não indo no local mais certo, tem de ser respeitado não colocando a vida do mesmo em causa, é verdade de por exemplo o peão via a falar ao telemóvel despreocupado, sem ter a mínima preocupação de onde vai a andar, ou por exemplo aquele grupo de amigos que sai do restaurante, e em vez de fazer a utilização do passeio, simplesmente circula pela ciclovia, ou simplesmente a mãe, o pais ou o casal com crianças e um carrinho de bebé, ou simplesmente passear o cão, vão por aquele espaço dedicado às bicicletas, nem sequer olhando se veem as mesmas na sua direção, não se desviando, ou simplesmente ignorando.
Mas acima de tudo o que se deve fazer em vez de tomar atitudes mais violentas, e pensar na segurança zelando pela mesma, porem, se a sua noção de a ciclovia que costuma utilizar em determinadas horas a mesma e mais procurada pelos peões, a velocidade deve de ser mais reduzida, e a atenção redobrada, abrandar quando aproximação de maior aglomerado de peões, e se não usa campainha, é importante adquirir uma para se fazer sentir ouvir pelos outros, apesar de muitas vezes ser ignorado, é sempre uma mais-valia, e sendo mais responsáveis que esses peões, e mostrando-lhes mais edução pelo espaço que estão a utilizar, deverá solicitar educadamente para se desviarem, e se possível recordar aos peões de que andar a pé nas ciclovias é arriscado, colocando a vida em perigo tanto de peão com ciclista, já que são vias reservadas para as bicicletas, tudo isto com o maior respeito, porque se insultar, mesmo tendo razão acaba por perder a mesma.

Descontrai, e serenamente afaste-se

Quando encontrar um peão na ciclovia, é certo de que irá muitas vezes deparar-se com uma pessoa que se acha dona da razão, insistindo em não se desviar, e se necessário provocar, ignore não perca tempo com discussões, não se imponha com a sua presença, nunca sabemos quem temos do outro lado, é o concelho que se dá, não perdendo tempo com essa pessoa insignificante, porem com alguns ciclistas a não se conformam, e fazer um pequeno raspão ligeiro, não atropelando, apenas como uma forma de dizer que que a ciclovia é da bicicleta, mas o mais correto e para evitar confrontos já que pode deixar ali de apreciar a sua volta de bicicleta na sua plenitude, o melhor gesto é o da ignorância, vence sempre.
Resumindo, apesar da ciclovia ser das bicicletas, e ter sempre razão quando encontra alguém a andar nela, tente contornar, ignorar, evitando conflitos, sairá sem dúvida vitorioso nessa situação.

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2021 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533