Blogue Notícias do Pedal, diáriamante tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Ciclismo

“Equipa Portugal/Maria Martins segunda classificada no concurso olímpico de Omnium”

 

Por: José Carlos Gomes
Maria Martins continua a dar alegrias a Portugal na etapa de Hong Kong, China, da Taça do Mundo de Pista. Depois do terceiro lugar em scratch, a corredora da Equipa Portugal foi hoje a segunda classificada na disciplina olímpica de omnium, estando cada vez mais perto de qualificar Portugal para os Jogos Tóquio, em 2020.
A ribatejana chegou à decisiva corrida por pontos no comando da classificação geral, graças a um concurso de qualidade, materializado no terceiro lugar em scratch e no segundo na corrida tempo e em eliminação. Maria Martins conseguiu um ponto na corrida por pontos e terminou o concurso com 113 pontos, os mesmos da vencedora, a japonesa Yumi Kajihara. A terceira classificada foi a belga Jolien D’Hoore, com 106 pontos.
Este resultado deixa Portugal mais perto da qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio no setor feminino de omnium e coloca Maria Martins no segundo posto da classificação geral da Taça do Mundo nesta importante disciplina olímpica.
A participação no setor masculino foi mais acidentada. Iuri Leitão e João Matias formaram equipa em Madison, outra disciplina em que Portugal tem ambições de qualificação para Tóquio. A queda de Iuri Leitão marcou a prestação nacional, com a dupla portuguesa a quedar-se pelo 15.º posto, com três pontos. Foi um resultado que atrasou a Equipa Portugal no ranking de apuramento olímpico.
Os alemães Roger Kluge e Thoe Reinhardt venceram, com 52 pontos, mais 14 do que os neozelandeses Tom Sexton e Campbell Stewart, e mais 19 do que os britânicos Mark Stewart e Fred Wright, que completaram o pódio.
João Matias competiu também na disciplina de scratch. Foi um dos corredores mais ativos durante a prova de 15 quilómetros. As movimentações em que se envolveu o barcelense não resultaram e o corredor português pagaria, no final, as despesas da ambição, cortando a meta como 22.º classificado. A medalha de ouro foi para o holandês Roy Eefting, que esteve acompanhado no pódio pelo grego Christos Volikakis, segundo, e pelo neozelandês Corbin Strong, terceiro.
Fonte: FPC


Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2019 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1364x558