Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha Técnica Apresentação Galeria Multimédia Contactos

Triatlo

“Realizou-se no dia 7 de março em Punta Umbría, Huelva, o Campeonato da Europa de Duatlo sprint”

 

A competição contou com a presença de seis atletas nacionais, com resultados de relevância na categoria júnior, com Alexandre Silva a sagrar-se vice-campeão europeu júnior de Duatlo com o tempo de 00:56:49 mais 35’’ do vencedor, o espanhol Jose Ignacio Galvez Ponce.
Joana Sousa participou também na prova no escalão júnior, enquanto Melanie Santos, Liliana Veríssimo, Marco Miguel e João Ferreira representaram as cores nacionais na categoria da elite.
A competição iniciou com o escalão júnior com Joana Sousa a alcançar um honroso 9.º lugar com 01:07:02, com uma excelente atitude em prova, naquela que foi a sua primeira experiência internacional.
Alexandre Silva, no seu primeiro de escalão júnior, alcançou um excelente resultado, controlando a frente da prova onde se isolou com dois atletas espanhóis, sempre com uma forte atitude em prova. Na transição partiu-se um elástico esquerdo, o que permitiu a fuga de um dos atletas espanhóis. Restava a perseguição inteligente e sem a colaboração do outro espanhol que protegia obviamente o seu colega da frente.
Um fortíssimo atletismo final sempre a ganhar tempo, não foi, porém, suficiente para chegar ao título, mas Alexandre Silva, ainda com muita progressão pela frente, mostrou o seu talento e a sua boa condição física com a medalha de prata.
No escalão de elite Melanie Santos ficou na 11.ª posição com 01:01:24, fez uma primeira corrida de muito bom nível e um ciclismo em que denotou estar muito disponível neste percurso rápido e técnico, acabando por ser um bom teste para as próximas etapas do Campeonato do Mundo.
Na elite masculina, o nível competitivo foi muito elevado, com Marco Miguel a alcançar a 18.ª posição com a marca de 00:54:16. Para o atleta «alinhar a partida nesta prova já foi uma verdadeira vitória e um tremendo orgulho!» Marco explica que apesar de ter descolado do grupo da frente por escassos segundos e, com essa situação, ter comprometido um resultado de relevo, está feliz com a classificação porque bateu por larga margem o recorde pessoal na distância de 5km. «Corri para uma média de 2”51’/km, bem como consegui efetuar uma das transições mais rápidas em prova. A partir daí foi sofrer até ao final, pois o segmento de ciclismo era bastante técnico, onde o nível de atenção e controlo sobre a máquina eram fundamentais.»O atleta terminou o último segmento completamente esgotado e sem hipótese de se situar no top 10, mas ainda assim«termino com a sensação de dever cumprido pois dei tudo, não podendo exigir mais»! Marco refere ainda que a chave para o sucesso desta modalidade é seguir no primeiro grupo do segmento de atletismo e fazer uma boa transição para o segmento de ciclismo, afirmando também que vai continuar a trabalhar para ‘tentar um dia alcançar mais e melhor.‘
João Ferreira ficou no 23.º lugar com 00:54:46, numa competição que classifica como ‘talvez um dos duatlos com mais nível destes últimos anos a contar com o 2x campeão olímpico, Alistair Brownlee, e com o campeão em título da Europa e mundial de duatlo, entre outras grandes figuras. João Ferreira sabia que estava em boa condição física, mas deparou-se com um nível competitivo muito elevado, com desportistas profissionais na linha de partida que «conseguem fazer vida do desporto, ou mesmo do duatlo, coisa que em Portugal se torna impossível nos dias de hoje.» Na prova, o atleta fez nos primeiros 5 km uma média de 2’57/km, «mas se no ano passado a corrida foi tática, nesta competição foi o ‘salve-se quem puder!» João quis arriscar e assim foi. «Penso que fiz uma boa prova para as minhas capacidades nesta distância e estou no bom caminho para os restantes objetivos de época. Fiquei muito contente de envergar as cores nacionais ao peito mais uma vez!» conclui o atleta.
Ainda no início da temporada, e com uma prova de nível competitivo muito elevado, o Campeonato da Europa de Duatlo aferiu alguns pontos nas prestações dos atletas que estão ainda a ganhar ritmo competitivo.
Muitos parabéns aos nossos atletas nacionais pelo empenho e resultados alcançados!
Fonte: FTP

~


Estatuto Editorial Ficha Técnica Apresentação Galeria Multimédia Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2020 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533