Blogue Notícias do Pedal, diáriamante tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Notícias

“ANADIA EM DESTAQUE NOS 120 ANOS DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLISMO”

 

Fotos: UVP-FPC / João Fonseca
A União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) está a celebrar o seu 120.º aniversário, e, na gala realizada no passado sábado, 30 de novembro, em Lisboa, as felicitações foram também para o Centro de Alto Rendimento (CAR) de Anadia, em Sangalhos, e para o Município de Anadia, pelo importante apoio que vem dando à modalidade.
Maria Teresa Belém Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Anadia, marcou presença no evento, e foi na sua pessoa que Delmino Pereira, presidente da FPC, deixou expresso o público agradecimento à autarquia, lembrando que Anadia é, neste momento, “o local de excelência para o alto rendimento” no que ao ciclismo diz respeito.
É aí que se encontram “o velódromo e umas infraestruturas de sonho”, e onde são proporcionadas “condições excecionais que nunca tivemos”. Considerou, ainda, que no CAR Anadia “está o futuro da nossa modalidade” e que é ali que “as novas gerações têm a oportunidade de desenvolver o ciclismo de alto rendimento”, o que só é possível “com o acesso às grandes infraestruturas e aos grandes técnicos”.
Também o Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, ao falar sobre os ídolos do ciclismo e dos atletas atualmente envolvidos nos projetos paralímpico e olímpico, fez uma especial referência ao CAR Anadia, onde “nasceram” ciclistas como “os irmãos Ivo e Rui Oliveira, que, juntamente com a Maria Martins, estão a defender Portugal na pista”.
Dirigiu-se à edil de Anadia para agradecer a todos os autarcas “que contribuem de forma muito decisiva para o desenvolvimento desportivo”. “Temos um orgulho muito especial no CAR Anadia na medida em que, ainda muito recentemente, foi considerado um Centro Satélite de treino, para a Europa, pela UCI” afirmou, fazendo também alusão às pistas de XCO e de BMX que integram aquele equipamento, e mencionando a sua importância para a “vertente mais urbana, mais contemporânea, e vanguardista” que será necessária para atrair mais jovens para a modalidade.
A ligação de Anadia ao ciclismo será quase tão antiga como a presença da bicicleta em Portugal. O anadiense Mário Duarte, que se pensa que ter sido a primeira pessoa a pedalar na Bairrada, e que, em 1905, foi considerado “o desportista mais completo de Portugal”, sagrou-se campeão nacional de ciclismo amador em 1896 e 1898.
A popularidade da bicicleta e do ciclismo em terras anadienses justificará, em 1910, a organização de uma corrida pelo Centro Velocipédico Anadiense, e a existência, já na década de 20, de ciclistas nas hostes do Anadia Futebol Clube. Muitos ciclistas anadienses participavam, então, em provas realizadas no concelho – Taça Curia, Volta à Bairrada, Circuito da Bairrada,… - e noutros pontos do país, vencendo em muitas delas. Em 1940, surge o Sangalhos Desporto Clube, cujas cores Alves Barbosa envergava quando, em 1951, 1956 e 1958, ganhou a Volta a Portugal em Bicicleta. Não será, pois, de estranhar a criação em Sangalhos, em janeiro de 1960, da Associação de Ciclismo da Beira Litoral, que ali mantém a sua sede até aos dias de hoje.
No entanto, as crescentes exigências da competição foram ditando um lento declínio da modalidade no Sangalhos DC, e até a sua famosa pista foi, com o correr dos anos, evidenciando as marcas do tempo. Mas foi esta mesma situação que acabou por dar o mote para o renascimento do ciclismo em Anadia e na Bairrada, e, ao mesmo tempo, para uma verdadeira revolução na modalidade, graças à construção do CAR Anadia, assumida pelo Município de Anadia.
Inaugurado no dia 11 de setembro de 2009, com Alves Barbosa a estrear a pista do velódromo, este CAR veio criar condições para a prática do ciclismo em contexto de alto rendimento. Ali têm sido realizados inúmeros estágios e provas, nacionais e internacionais, conquistadas medalhas e quebrados recordes, no ciclismo e não só, já que a sua polivalência permite também acolher a atividade das federações de ginástica, judo, esgrima, e pentatlo moderno, para além de eventos com caráter não desportivo.
Sintoma do ressurgimento do ciclismo na região é a criação, em 2013, do Clube de Ciclismo da Bairrada / Bairrada Cycling Team, sediado em Anadia, que tem desempenhado um papel primordial no desenvolvimento da modalidade na região e no país, graças ao trabalho de formação que vem realizando, e que tem contribuído para o aparecimento de novos talentos.
Fonte: Câmara Municipal Anadia


Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2019 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1364x558