Blogue Notícias do Pedal, diáriamante tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Ciclismo

“Homem que vendia cocaína a Pantani garante: «Mataram-no»”
Fabio Miradossa adianta que o motivo do assassinato terá sido os 20 mil euros que tinha no quarto para pagar a droga

 

Foto: Getty Images
Mais de 15 anos depois, a morte de Marco Pantani continua a ser tema de discussão em Itália. O 'Pirata' foi encontrado morto num hotel em Rimini, a 14 de fevereiro de 2004; a autópsia revelou que a causa da morte foi uma overdose por cocaína, mas há quem mesmo assim considere que a história está mal contada. O canal 'Itália1' falou com o homem que vendia a droga ao ciclista, e que garantiu que Pantani foi assassinado.
"Mataram-no", assegurou Fabio Miradossa. "Foi o que aconteceu, não entendo por que razão a polícia não investigou isto a fundo. Disseram que ele estava a enlouquecer com as drogas, mas estou convencido que quando o mataram ele estava lúcido."
Miradossa contou como foram as últimas horas de Pantani. "Esteve no hotel Touring, onde consumiu a droga, e quando regressou ao Residence 'Le Rose' estava lúcido."
No quarto havia indícios de que o ciclista teria aspirado cocaína pelo nariz, algo que o entrevistado do 'Itália 1' diz ser pouco provável. "O Marco tinha nojo disso, ele só fumava. Quem criou esse cenário não estava bem informado."
O mesmo homem adianta as possíveis causas para o sucedido. "Disse aos polícias que procurassem o dinheiro, porque o Marco tinha levantado 20 mil euros do banco. Eram para mim, uma parte para pagar uma dívida e a outra para comprar mais. Uma das pessoas da minha confiança foi levar-lhe a droga, eu estava em Nápoles no aniversário da minha sobrinha. Não recebi o dinheiro, mas não havia problema, sabia que ele me pagaria depois. Deixaram-lhe umas 15 ou 20 gramas, ninguém morre com essa quantidade, sobretudo se fumares."
Miradossa afasta, igualmente, a hipótese de suicídio: "Não, não o fez garantidamente. Ele foi fraco ao refugiar-se nas drogas, mas não quis matar-se, tenho a certeza disso."
Fonte: Record on-line


Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2019 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1364x558