Blogue Notícias do Pedal, diáriamante tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Triatlo

“Gabriela Ribeiro é medalha de bronze na Taça da Europa de Sines e Campeonato do Mediterrâneo”
Realizou-se dia 11 de maio a primeira Taça da Europa de Triatlo de Sines que recebeu o Campeonato do Mediterrâneo

 

Realizou-se a Taça da Europa de Sines, com medalha de bronze para Gabriela Ribeiro e um top 10 na prova feminina e Alexandre Nobre a conquistar a 5ª posição. Na competição masculina Portugal cons Campeonato do Mediterrâneo, uma competição anual que vai mudando de país, tendo havido edições anteriores na Grécia, Itália e Espanha.
Gabriela Ribeiro foi medalha de bronze na Taça da Europa e Campeonato do Mediterrâneo, com Madalena Almeida a alcançar a quarta posição, enquanto na competição masculina Alexandre Nobre conquistou o melhor lugar nacional na prova, alcançado o 5º lugar.
Participaram nesta competição 90 atletas oriundos de 15 países, com nomes conhecidos do triatlo mundial, com um bom nível competitivo e com Portugal a conseguir colocar três atletas no TOP 10, tanto no evento feminino como masculino.
Com um percurso emblemático de Sines, uma natação na baía da Praia Vasco da Gama, um ciclismo muito rolante e uma corrida plana, os atletas puderam fazer boas marcas nesta competição, dando um grande espetáculo para o publico apoiante, entre eles os jovens que de tarde iriam disputar o Campeonato Nacional Jovem no mesmo local.
A participar nesta competição participaram vários nomes conhecidos do Triatlo, numa prova disputada na distância sprint, com um percurso de uma volta de 750 metros na praia Vasco da Gama, três voltas de ciclismo num trajeto plano e um segmento de corrida plana de 5km também sem desnível.
Foi uma boa natação para as atletas femininas nacionais, com quatro a saírem da água na dianteira e a incluírem-se no primeiro grupo de ciclismo, entre elas Gabriela Ribeiro, Helena Carvalho, Madalena Almeida e Vera Vilaça. O segmento de ciclismo foi estratégico, com um trabalho conjunto das atletas.
Gabriela Ribeiro diz que ‘veio com boas perspetivas, com o resultado de um segundo lugar na Taça da Europa de Quarteira, embora soubesse que iria enfrentar aqui um nível diferente. «Embora o mar parecessem uma piscina, foi difícil na natação dividir os grupos, embora soubesse já que estávamos perante atletas que competem em Taças do Mundo e Campeonatos do Mundo. Gabriela Ribeiro manteve-se sempre nas primeiras posições na corrida, geriu o esforço e alcançou a medalha de bronze desta competição, a sua primeira de elite.
Madalena Almeida conquistou a quarta posição, com uma boa natação e os restantes segmentos de ciclismo e corrida bastante sólidos. «Ainda pensei que se formasse um grupo de ciclismo mais pequeno com as atletas nacionais, este segmento não foi muito forte, mais manter a distância para o grupo perseguidor, parti rápido para a corrida, decidi arriscar e acompanhar a primeira, a Emmie Charayon, mas não consegui». Satisfeita com o bom resultado da 4ª posição nesta prova, Madalena Almeida não deixa de referir que um 4º lugar tem um ligeiro sabor amargo!
Portugal alcançou mais dois top 10 com Helena Carvalho em 9º lugar e Mariana Vargem em 10º. Maria Tomé ficou em 12º, Vera Vilaça em 15º e Inês Rico conseguiu a 18º posição.
O pódio da Taça da Europa e do Campeonato do Mediterrâneo foi o mesmo, já que os três países pertencem ao Mediterrâneo: a vencedora desta competição foi Emmie Charayon, a atleta que alinhou com o dorsal número 1, na segunda posição ficou Xisca Tous, de Espanha e Gabriela Ribeiro fechou o pódio com o terceiro lugar.

Competição Masculina na Taça da Europa de Sines e Campeonato do Mediterrâneo
Na competição masculina alinharam à partida 58 atletas, com 10 atletas nacionais em prova: Alexandre Nobre, Ricardo Batista, Rafael Domingos, Tiago Fonseca, João Mansos, José Vieira, Diogo Silva, Afonso do Canto, Gil Maia e Bernardo Aguiar.
Ricardo Batista fez um bom segmento de natação, saindo na terceira posição, juntamente com alguns atletas portugueses a conseguirem posicionar-se no primeiro grupo de ciclismo, como Alexandre Nobre, Ricardo Batista, Tiago Fonseca. Na corrida o nível foi elevado, pelo que os atletas tiveram que gerir o esforço até ao final.
O melhor atleta em prova foi Alexandre Nobre com um 5º lugar com 00:55:20, também o atleta na mais alta posição na Taça da Europa de Quarteira há duas semanas. Tiago Fonseca fez 7º luar com 00:55:30 e Ricardo Batista conseguiu chegar ao top 10 – a sua previsão na véspera como um resultado positivo – com 00:55:38. Alexandre Nobre vinha com o objetivo de alcançar o top 8, posição que lhe daria acesso às Taças do Mundo e depois um pódio, objetivo mais ambicioso, mas que sabia ser possível.
«Estive bastante perto do pódio, fiz uma boa natação, saí integrando no grupo da frente, e fiz uma corrida de trás para a frente, com um percalço na segunda transição em que houve uma queda. Este resultado deixa-me com sede para mais em relação ao futuro!»
Os resultados dos outros portugueses na competição: 17º José Vieira com 00:56:01, 27º Rafael Domingos com 00:57:05, João Mansos em 32º com 00:57:42, em 34º Afonso Do Canto, com 00:57:53, em 36º Diogo Silva com 00:58:04 e Gil Maia com 01:01:13.
Esta Taça da Europa e Campeonato do Mediterrâneo em Sines, um local emblemático que reúne excelentes condições para o Triatlo, trouxe grandes emoções ao entusiasta público entre eles os atletas mais jovens.
Portugal alcançou bons resultados, colocando três atletas no TOP 10, tanto na competição feminina como masculina.
Fonte: FTP


Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2019 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1364x558