Estatuto Editorial  ●  Ficha Técnica  ●  Links  ●  Calendários  ●  Galeria Multimédia  ●  Contactos


Ciclismo


“Vuelta de 2018 arranca em Málaga”
Contrarrelógio a 25 de agosto

 

Por: Lusa
A Volta a Espanha de 2018 vai arrancar de Málaga, a 25 de agosto, com um contrarrelógio que percorrerá cerca de dez quilómetros entre o Centro Pompidou da cidade andaluza e a rua Larios, onde estará instalada a meta.
O anúncio foi feito pelo diretor da Vuelta, Javier Guillén, num ato no Centre Pompidou de Paris, no qual esteve acompanhado pelo presidente da Câmara de Málaga, Francisco de la Torre, pelo presidente da Deputação de Málaga, Elías Bendodo, e pelos presidentes do Pompidou de Paris, Serge Lasvignes, e do de Málaga, José María de Luna.
De la Torre explicou que essa primeira etapa será de "dez quilómetros de prazer" para o público que assistir ao exercício, cujo final está previsto para as 20:30 horas (19:30 em Portugal continental), como é usual na primeira etapa da Vuelta, que, nos últimos nove anos, arrancou sempre com um contrarrelógio por equipas.
Elías Bendodo revelou ainda que Málaga acolherá quatro partidas de etapas na próxima edição da prova espanhola.
Guillén e os responsáveis institucionais da cidade e província andaluza explicaram que, nesse início de Vuelta, querem aproveitar "a fotogenia" de Málaga e "a imagem forte" que projetam localidades como "Ronda, Estepona, Marbelha ou Antequera".
Para a primeira etapa, "a mais importante da Vuelta", o diretor da prova quer reservar "o Centro Pompidou, a praia, o centro histórico e a meta na rua Larios, um dos sítios icónicos de Málaga, de Espanha e da Europa".
"E também queremos que seja a etapa dos museus e aproveitar essa Málaga romana e ancestral. A Unipublic [a entidade organizadora] quer aproveitar esses cenários, porque o ciclismo é dos poucos desportos que pode mostrar o território", concluiu, defendendo que o início no Centro Pompidou permite conotar a Vuelta com a modernidade.
No 'menu' da passagem por Málaga deverá estar, quase de certeza, a subida ao Caminito del Rey, uma ascensão de 7,3 quilómetros com uma pendente média de 5,5% e rampas com um desnível de 15%.
Fonte: Record on-line


 

Revista Notícias do Pedal


Estatuto Editorial  ●  Ficha Técnica  ●  Links  ●  Calendários  ●  Galeria Multimédia  ●  Contactos

Copyright © 2017 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1598x690