Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha Técnica Apresentação Galeria Multimédia Contactos

Ciclismo

“Ano 2020 atípico para tudo, um ano diferente para o ciclismo mundial, e 2021 o que pode se esperar?”

Por: José Morais
Foto:
Federação Colombiana Ciclismo
Todos nós sabemos como decorreu o ano que está quase a terminar, iniciamos 2020 bem, porem, a partir de março, com a pandemia a surgir em força, um vírus descontrolado colocou o mundo num pandemónio, com tudo que nos rodeia a ser fortemente penalizado.
Como todos sabemos o ciclismo não fugiu à regra, eventos a serem diariamente cancelados, outros a serem alterados nas suas datas, eventos realizados em períodos que ninguém imaginava, mas acabando por terem grande sucesso, com as organizações a tentarem fazer o seu melhor, os ciclistas a dar o seu máximo, e o público a portar-se quase bem na sua totalidade.
Em Portugal ainda se conseguiram realizar algumas provas, a Volta a Portugal, o Trofeu Joaquim agostinho, o Campeonato Nacional CRI Feminino, a Prova de Abertura CAR Anadia, Campeonato Nacional de Paraciclismo CRI, Campeonato Nacional Estrada - Sub23 Masculinos. / Elite Masculinos., Campeonato Nacional de Rampa - Cadetes/Juniores/Sub23/Elites/Masters (m/f), CN Fundo - Femininas (Todas as cat.) | Paraciclismo | Cadetes e Juniores Masculinos, entre outros.
Fora fronteira, tivemos um Tour de França, um Giro de Itália, uma Volta a Espanha, diferentes do habituais, tanto em organização como em datas, o insólito surgiu com Giro e a Vuelta a sobreporem-se, algo nunca pensável, mas onde o mais importante era as provas irem para a estrada e os ciclistas não serem tão penalizado, ainda a Volta à Flandres, Liege-Bastogne-Liege, Giro da Lombardia.
Isto um pouco do que se passou no ciclismo mundial em 2020, e aqui fica agora uma pergunta, com o aproximar de 2021, que se pode esperar do novo ano, já saiu o calendário da UCI, já existem provas com datas marcadas, mas ainda em 2020 já começa a fazer moças a pandemia.
Uma informação da Federação Colombiana de Ciclismo, a realização do Tour Colômbia 2.1 para 2021, foi cancelado, e o evento apenas retomará em 2022, motivado pelo elevado número de casos ativos, aos surtos no mundo e à dificuldade de dar todas as garantias relacionadas aos protocolos de segurança para a caravana e a todos em geral.
A comissão executiva da Federação Colombiana de Ciclismo na íntegra, assumiu a decisão de cancelar o evento, a situação da pandemia obrigou o ciclismo e outros grandes eventos desportivos a repensar a encenação, dos seus principais protagonistas, procurando prevenir e reduzir o risco de disseminação do Covid-19, mesmo manifestando e apelando ao público a não comparência.
O Tour da Colômbia, prova que nas últimas três edições anteriores teve grande repercussão entre os adeptos do país e do mundo, a organização está ciente da elevada presença de adeptos nas cidades por onde passa a caravana, tanto nas partidas como nas chegadas, fator que impossibilita o controlo de segurança estabelecidos pela UCI possa causar o caos, depois de bem analisado, as opções possíveis era para a não realização da prova.
Ainda não chagamos a 2021, e a pandemia já começa a fazer moças, a primeira prova já foi cancelada, os votos é de que não se repitam muitos casos destes, esperando que o novo ano nos traga coisas mais positivas, e possamos regressar aos tempos de antigamente, cá ficamos assim para ver o que nos espera, com o ciclismo em alta.


Estatuto Editorial Ficha Técnica Apresentação Galeria Multimédia Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2020 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533