Blogue Notícias do Pedal, diáriamante tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt
 Notícias do Pedal Revista Estatuto Editorial  ●  Ficha Técnica ●  Links  ●  Calendários  ●  Galeria Multimédia  ●  Contactos Siga-nos

   

Triatlo

“Taça da Europa de Quarteira Juniores 2018”

 

Realizou-se dia 25 de março a Taça da Europa de Quarteira Juniores 2018, num cenário de sol, com ondas desafiantes.
Esta competição iniciou às 8h45 com as triatletas juniores a lançarem-se ao mar. Gabriela Ribeiro fez este segmento isolada na frente e saiu em primeiro para o parque de transição, juntando-se a ela no segmento do ciclismo mais sete triatletas, ficando oito elementos a disputar a prova no grupo da frente, onde seguia também Inês Rico.
No segundo grupo encontrava-se Mariana Vargem e Maria Tomé, esta última que tinha realizado uma boa natação, acabou por se atrasar na montagem da bicicleta. É importante despender o mínimo tempo possível nas transições, já que o relógio não para, e além disso o triatleta pode sentir-se desmotivado para continuar ao mesmo ritmo. Mas o triatlo é mesmo assim e implica muita destreza não apenas nos segmentos, mas na passagem entre eles.

Os resultados da Taça da Europa de Quarteira Juniores 2018
Entretanto o tempo abriu completamente e o sol fez-se sentir quando o primeiro grupo passou a segunda transição para a corrida, continuando sempre na disputa dos primeiros lugares. Inês Rico entrou inserida no grupo da frente no parque de transição antes do início da corrida, realizando uma prova espetacular. A triatleta, que estava na sua segunda prova internacional, conseguiu manter um bom ritmo nos três segmentos, acabando por sagrar-se vice campeã da Taça da Europa de Quarteira de Júnior 2018.
«Eu não ia para a prova com uma expectativa tão elevada, porque é ainda a minha segunda prova internacional (a primeira foi na Lituânia no ano passado). Esperava por exemplo um top 15. Por isso, a prova correu muito bem, entrei muito bem na água e consegui sair em oitava naquele que é o meu segmento mais fraco. Depois foi trabalhar para me manter no grupo e ganhar distância. A corrida também fiquei bem e consegui ganhar ao sprint à triatleta que ficou em terceiro», explica Inês Rico.

Inês Rico manteve um ritmo elevado durante a prova, ganhando à italiana no sprint final
Inês Rico finalizou a prova com um emocionante sprint, acabando por ficar em segundo lugar ao vencer a italiana Carlota Missaglia que terminou em terceiro. As atletas fizeram respetivamente 01:05:41 e 01:05:43.
Pauline Landron, de nacionalidade francesa, terminou a prova na primeira posição, com o tempo 01:05:25.
Em geral, as triatletas portuguesas tiveram boas prestações, demonstrando estar em boa forma: Gabriela Ribeiro obteve um excelente quarto lugar na competição com o tempo de 01:06:24, Mariana Vargem ficou em 14º , Maria Tomé terminou a prova em 18º, Joana Miranda ficou em 27º e Lúcia Vera Cruz em 32º.

A performance na Taça da Europa de Quarteira Juniores 2018
Entrada no segmento da natação com agitação marítima
No dia 25 de março, às 10h da manhã, foi a vez dos triatletas juniores iniciarem a sua competição na Taça da Europa de Quarteira. O mar manteve-se com bastante ondulação, mas mesmo assim os portugueses conseguiram fazer bons segmentos de natação, com três triatletas a sair nos primeiros lugares: Guilherme Pires, José Vieira e Ricardo Batista, este último que acabou por se atrasar na transição, o que lhe adicionou tempo na passagem para o ciclismo.
As dificuldades logísticas nas transições atrasam por vezes os triatletas
A prova discutiu-se no grupo da frente, acabando pelo primeiro lugar pertencer ao norueguês Vetle Bergsvik Thorn, sendo as segundas e terceiras posições de nacionalidade francesa, com o segundo lugar no pódio de Arthur Berland e o terceiro de Valentin Morlec, com as marcas 00:58:15, 00:58:16 e 00:58:20.
O primeiro triatleta português a passar a meta foi Guilherme Pires com 01:09:02, o segundo atleta nacional a terminar a competição foi José Vieira com 00:59:45, em terceiro dos portugueses ficou Tiago Fonseca e o quarto triatleta foi Ricardo Batista, com 00:59:57 e 00:59:59 respetivamente. De destacar as excelentes marcas destes dois últimos triatletas no segmento da corrida
O ambiente dos triatletas mais jovens é de interajuda dentro e fora das competições, existindo espírito de equipa e de incentivo pelos resultados uns dos outros. O facto de estarem alguns dias juntos a treinarem e a competirem aproxima-os, criando neles laços de forte amizade.
De salientar também o maravilhoso e entusiasta público já habitual nesta competição, de turistas e apoiantes do triatlo, que deram uma motivação extra ao ‘puxar’ pelos triatletas.
Fonte: FTP

~


 

Estatuto Editorial  ●  Ficha Técnica  ●  Links  ●  Calendários  ●  Galeria Multimédia  ●  Contactos

Copyright © 2018 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1366x768