Blogue Notícias do Pedal, diáriamante tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Notícias

“Assembleia Geral/Relatório e Contas aprovado por unanimidade”

 

Por: José Carlos Gomes
O Relatório de Atividade e Contas da Federação Portuguesa de Ciclismo relativo ao exercício de 2018 foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Geral da instituição, reunida em Lisboa.
O ano de 2018 foi financeiramente histórico para a Federação Portuguesa de Ciclismo, que teve a maior execução orçamental dos 120 anos da instituição, ascendendo a 3,792 milhões de euros. Os valores avultados resultam da conjugação de vários fatores: crescente número de eventos sob alçada direta da Federação, maior aposta das Seleções Nacionais e na qualificação olímpica, especialmente na vertente de pista, e obras de infraestruturação do Centro de Alto Rendimento de Anadia, tendo em vista o reconhecimento dos equipamentos velocipédicos bairradinos como Centro Satélite do Centro Mundial de Ciclismo.
A exigência da execução orçamental foi ultrapassada com sucesso, proporcionando um saldo líquido positivo de três mil e quinhentos euros e, mais importante ainda em termos económicos, um total de meios libertos que ascende a €43.609, mais €18.913 do que estava previsto em orçamento.
“A exigência do desafio financeiro foi ultrapassada com sucesso, o que apenas se conseguiu com uma gestão muito criteriosa e com o empenhamento de toda a comunidade velocipédica nacional, desde os profissionais ao serviço da Federação até às Associações e aos clubes.
A todos é devido um agradecimento”, considera o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira.
O balanço desportivo de 2018 obriga a referir as mudanças regulamentares introduzidas nas escolas de ciclismo e nas equipas continentais. Neste último aspeto, as alterações permitiram um significativo rejuvenescimento do pelotão profissional português.
“A época de 2018 foi também a primeira em que a Volta a Portugal foi organizada segundo as regras do novo contrato de concessão. As mudanças foram um sucesso, permitindo uma maior cobertura territorial, interesse desportivo acrescido e audiências televisivas mais robustas”, assinala Delmino Pereira na Nota Introdutória ao Relatório de Atividade e Contas.
Fonte: FPC


Estatuto Editorial Ficha TécnicaContactos Apresentação Galeria Multimédia

Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2019 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1364x558