Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha Técnica Apresentação Galeria Multimédia Contactos

Ciclismo

“Narciso volta a "florir" em Espanha”

Texto: AfterTwo //works
O gondomarense Diogo Narciso foi o 3º melhor sub-23 no "1º Gran Premio Ayuntamiento de Salorino" que se disputou nas estradas desta localidade espanhola.
Numa prova extremamente competitiva, onde a velocidade média final quase alcançou os 45 km/h, o jovem ciclista da "Sicasal - Miticar - Torres Vedras" mostrou uma vez mais o seu espírito combativo e envolveu-se na discussão da etapa depois de rolar o último terço da corrida no grupo que se destacou-se na dianteira.
Nos metros finais, o espanhol Francisco Garcia ganhou ligeira vantagem e cruzou a meta 2 segundos antes do grupo que atrás de si discutiu ao sprint as restantes posições do pódio. Narciso foi o 8º a passar a linha final, sendo o 3º melhor entre os atletas mais jovens.
Inserido num segundo grupo, Rafael Torres foi o segundo atleta "torriense" a terminar a prova, concluindo os 124 km do percurso na 25ª posição. Marco Marques fechou a participação da equipa no 75º posto.
A competição seria a primeira a contar para a 1ª edição do desafio “Tajo Internacional”, denominação espanhola para a região que partilha com Portugal a proteção do território, fauna, flora e demais características comuns do Parque Natural do Tejo e que foi declarada pela Unesco como reserva da biosfera transfronteiriça.
A segunda, o “I Gran Premio Ayuntamiento de Mata De Alcántara”, teve início madrugador no domingo. Às 10 horas em Espanha, o pelotão representado por 14 equipas espanholas e 4 portuguesas, partiu para a estrada para percorrer cerca de 145 km e a chuva apresentava-se como o primeiro grande obstáculo ao desempenho dos atletas.
Uma vez mais o ritmo imposto pelos elites espanhóis foi elevadíssimo e a cerca de 50 km para a meta final, na zona mais íngreme do percurso, um grupo de 5 atletas destacou-se na frente e garantiu o entendimento suficiente para discutir entre si a vitória, que acabou por sorrir a Mário Aparício da equipa Gomur.
Numa jornada em que o vento e a chuva intensa na segunda metade da prova se confirmaram como um dos principais adversários dos ciclistas, Diogo Narciso e Rafael Torres cruzaram juntos a meta, 11 minutos depois do vencedor. Os dois atletas cotaram-se como os mais regulares da equipa de Torres Vedras, concluindo o desafio "Tajo Internacional 2020" na 32ª e 44ª posição da geral final.
Fonte: Academia Joaquim Agostinho/UDO


Estatuto Editorial Ficha Técnica Apresentação Galeria Multimédia Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2020 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533