Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt

Estatuto Editorial Ficha Técnica Apresentação Galeria Multimédia Contactos

Ciclismo

“Ciclista espanhol recorda paixão por chocolate e 'fast-food' de João Almeida”
Sergio Veja vaticina um futuro de glória ao corredor português

Por: Lusa / SIF / AMG
Foto:
Reuters
O ciclista espanhol Sergio Veja correu com João Almeida em 2017 e lembra uma "pessoa muito boa", com quem partilhava o gosto pela 'fast-food' e pelo chocolate, e a quem vaticina um futuro de glória.
Em declarações à Lusa, o corredor de 24 anos recorda que eram ambos jovens quando se cruzaram na Unieuro Trevigiani-Hemus 1896, ainda que o ciclista das Caldas da Rainha seja mais novo quase três anos.
"Era um rapaz de ideias muito claras, muito jovem e muito, muito boa pessoa", lembra o ciclista da Cantábria sobre o português, que então embarcava na primeira experiência fora de Portugal.
Esse ano, nota, "não foi fácil para ninguém", mas ainda assim João Almeida pôde "demonstrar que era bom corredor". "Via-se que tinha muita qualidade", atira.
Os dois criaram "boa relação" e até partilharam o quarto no que foi o 'Giro antes do Giro' para o caldense, uma vez que correu a Volta a Itália sub-23, conhecida como 'Baby Giro', nesse ano.
Nessa prova, recheada de muitos jovens que hoje ocupam lugares de destaque no ciclismo mundial ao nível da elite, o melhor resultado do português foi um 10.º lugar num contrarrelógio, então a sua principal especialidade.
Esse foi também o último evento em que correram juntos no calendário da União Ciclista Internacional, com Vega a mostrar-se hoje "muito feliz" pelos resultados e sucessos do antigo companheiro de equipa, que liderou a Volta a Itália durante 15 dias e acabou a prova em quarto.
"Alegro-me muito por ver como ele se está a dar, e tenho a certeza de que vai chegar muito longe", vaticina.
Desse ano, Sergio Vega destaca um dos principais resultados de ambos, na Ucrânia, cuja capital, Kiev, foi também o palco de uma celebração peculiar que juntou, então, gostos comuns desta amizade.
"Tínhamos uma coisa em comum: gostávamos os dois do Macdonald's e de chocolate. Na Volta à Ucrânia, onde o João ganhou a última etapa, no final fomos comer hambúrgueres para celebrar enquanto a equipa arrumava tudo", revela o espanhol.
A vitória na quarta etapa, uma de três que o português conseguiu em 2017, permitiu-lhe entrar no 'top 10' final, para o nono lugar, e vencer a classificação da juventude, e Vega esteve também em bom plano: foi 19.º na geral e sétimo entre os jovens.
Os dois viriam a coincidir e trabalhar juntos em muito mais provas, ainda que o espanhol tenha feito a Volta a Portugal, na qual trabalhou para os colegas de equipa, e o português não.
Para o espanhol, a ligação portuguesa continuou em 2019, quando correu pela Miranda-Mortágua, acabando a Volta no 31.º lugar, o melhor resultado nesse ano
João Almeida (Deceuninck-QuickStep) tornou-se no domingo o melhor português de sempre na Volta à Itália em bicicleta, ao terminar a prova no quarto lugar da classificação geral individual, depois ter envergado a camisola rosa, símbolo da liderança, em 15 das 21 etapas da prova.
Fonte: Record on-line


Estatuto Editorial Ficha Técnica Apresentação Galeria Multimédia Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2020 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533