Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Ciclismo
 
 

“Clássica de Viana do Castelo”
Aleksandr Grigorev ataca de longe para conquistar Viana

Por: José Carlos Gomes
Foto:
FPC
O russo Aleksandr Grigorev (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel) ganhou a primeira edição da Clássica de Viana do Castelo, impondo-se em solitário na prova de 170,4 quilómetros marcada por vários troços de terra, empedrado e por quatro subidas à Santa Luzia.
A prova, iniciada em Vila Franca do Lima, começou rápida, até porque se sucederam tentativas sem que o pelotão autorizasse que qualquer delas singrasse. A movimentação decisiva deu-se na primeira das quatro subidas ao santuário vianense, com cerca de metade da corrida disputada.
Este ataque colocou na dianteira um grupo com pouco mais de dez elementos. Nesse grupo estavam representantes da maioria das equipas continentais, desincentivando a perseguição a partir do pelotão. Cedo ficou claro que seria entre os fugitivos que tudo se decidiria.
O campeão nacional de fundo, José Neves (W52-FC Porto) ousou atacar logo na segunda passagem pela Santa Luzia. Aleksandr Grigorev foi dos poucos que responderam com prontidão. Revelando estar num excelente momento, o todo-o-terreno russo acabaria por contra-atacar, isolando-se para pedalar mais de 30 quilómetros em solitário.
Aleksandr Grigorev fez um longo “contrarrelógio” sem dar qualquer possibilidade de aproximação aos perseguidores. Cortou a meta ao fim de 4h29m01s de corrida. O campeão nacional de fundo em sub-23, Pedro Andrade (Hagens Berman Axeon) foi o mais inconformado dos rivais. Atacou na última ascensão a Santa Luzia, mas não foi a tempo de discutir a vitória. Ainda levou na roda César Martingil, que saiu em defesa da posição avançada do colega de equipa Grigorev. Andrade pagou o esforço e Martingil conseguiria o segundo posto, a 8 segundos do vencedor. O corredor da Hagens Berman Axeon fechou o pódio, a 33 segundos do primeiro.
O Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel também ganhou por equipas e Aleksandr Grigorev juntou as classificações do empedrado e da terra batida ao triunfo absoluto. João Matias (Louletano-Loulé Concelho), venceu a classificação das metas volantes e Marcelo Gabriel (Porminho-Team Sub-23) foi o melhor elemento das equipas de clube.
O pelotão nacional de equipas continentais e de clube continua na estrada neste domingo. Irá disputar o Grande Prémio Anicolor, prova de 164,4 quilómetros, com partida em Fermentelos, às 13h00, e chegada a Águeda, cerca das 17h00.
Fonte: Federação Portuguesa Ciclismo

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2021 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533