Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Ciclismo
 
 

“Seleção Nacional/António Morgado e Gonçalo Tavares entre os 20 melhores da Europa”

Por: José Carlos Gomes
António Morgado e Gonçalo Tavares abriram a participação portuguesa no Campeonato da Europa de Estrada, em Trento, Itália, com desempenhos de qualidade no contra-relógio individual, ficando entre os 20 melhores juniores europeus nesta disciplina.
A prova de 22,4 quilómetros não favorecia os corredores portugueses por ser totalmente plana. Além disso, António Morgado e Gonçalo Tavares nunca tinham feito um contra-relógio tão longo, que obrigasse a pedalar na posição específica durante quase meia hora. Apesar deste contexto, os dois ciclistas, ainda juniores de primeiro ano, conseguiram posicionar-se claramente na primeira metade da classificação entre os 52 participantes.
António Morgado conseguiu o melhor registo dos portugueses, parando o cronómetro nos 28m01s, o que lhe valeu o 18.º lugar. Gonçalo Tavares gastou mais 11 segundos do que o companheiro de Seleção, ocupando a posição imediata na tabela.
Os dois ciclistas, com falta de referências pessoais em esforços individuais tão longos, optaram por começar mais lentamente, aumentando o ritmo com o avançar da prova. Ambos melhoraram muito na segunda metade da corrida, face aos registos no ponto intermédio colocado ao quilómetro 8,9. António Morgado considera que pode ter sido excessivamente conservador na gestão do esforço.
“Iniciei a prova a gerir as forças, pensando que a parte final poderia fazer-se mais dura. No fim senti que poderia ter ‘abusado’ um pouco mais no início, porque a parte final revelou-se rápida, sem necessidade de aplicar muita potência. Sabia que não seria fácil ficar no top 25, mas dei o meu melhor e estou satisfeito com isso e com o resultado”, conta o ciclista natural do concelho das Caldas da Rainha.
Gonçalo Tavares era o rosto da felicidade, após terminar a prova. “A melhor imagem que eu tenho foi quando me chamaram para rampa. Estava lá em cima, a ver as decorações todas a dizer ‘Trentino 2021’, tudo azulinho do Campeonato da Europa, estava mesmo bonito. Fez-me sentir mesmo especial. Depois, durante a prova, dei tudo o que tinha. Cheguei ao fim sem nada a mais. Por isso, estou muito contente”, confidenciou o corredor de Proença-a-Nova.
Os belgas dominaram a competição, conseguindo os dois primeiros lugares. Alec Segaert ganhou o contra-relógio, com 26m26s. Cian Uijtdebroecks gastou mais 5 segundos e ficou com a medalha de prata. O terceiro, a 30 segundos do vencedor, foi o francês Eddy Le Huitouze.
Fonte: Federação Portuguesa Ciclismo

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2021 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533