Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Ciclismo
 
 

“Seleção Nacional/Ouro para Maria Martins, prata para João Matias e Iúri Leitão”

Por: José Carlos Gomes
Os três corredores que competiram em São Petersburgo, na Taça das Nações de Pista, aumentaram o peso da bagagem de regresso com metais preciosos, conquistados em disciplinas olímpicas. Maria Martins ganhou o concurso feminino de omnium, João Matias e Iúri Leitão conseguiram a segunda posição em madison.
Maria Martins iniciou o concurso de omnium, disciplina em que competirá nos Jogos de Tóquio, como favorita. Durante as quatro corridas pontuáveis confirmou o estatuto. Começou pelo segundo lugar em scratch. O terceiro posto na corrida tempo colocou a ribatejana no topo da geral, posição que reforçou com o triunfo em eliminação.
A representante da Seleção Nacional chegou à última prova, a corrida por pontos, encimando a classificação. Competiu gerindo a vantagem e não permitindo que as rivais pudessem aspirar à medalha de ouro. Para isso foi pontuando quando possível e esteve atenta aos arremedos de ataque das adversárias.
A portuguesa finalizou o concurso com 131 pontos, mais 14 do que a austríaca Verena Eberhardt e mais 21 do que a irlandesa Lara Gillespie, que acompanharam Maria Martins no pódio.
João Matias e Iúri Leitão também tiveram um desempenho de grande qualidade nos 50 quilómetros do madison. A dupla de Portugal manteve-se na luta pelo pódio, pontuando em vários sprints. À entrada do último terço da corrida, os portugueses arriscaram tentar ganhar os 20 pontos atribuídos às equipas que dobram o pelotão. O esforço de Iúri Leitão e João Matias foi bem-sucedido e, com essa movimentação, Portugal ficou na luta pela medalha de ouro.
A ambição trouxe responsabilidades acrescidas e, perante a resposta da Rússia, os portugueses tiveram de voltar a atacar para conquistarem mais uma volta ao grupo principal. Isso aconteceu a 35 voltas do fim, colocando a dupla lusitana no comando da classificação. Os russos ripostaram e tudo ficou em aberto para o último sprint, com pontuação a duplicar.
João Matias lançou um ataque para surpreender os rivais a quatro voltas do final. Iúri Leitão deu continuidade, mas a dupla russa formada por Lev Gonov e Ivan Smirnov. Os vencedores somaram 83 pontos, Portugal chegou aos 76. O pódio completou-se com outra formação do país que corre em casa, Artur Ershov e Sergei Rostovtsev, que amealhou 55 pontos.
Fonte: Federação Portuguesa Ciclismo

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2021 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533