Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Ciclismo
 
 

“Circuito CAR Anadia - Taça de Portugal Jogos Santa Casa”
Francisco Marques vence sprint dos fugitivos

Por: José Carlos Gomes
Francisco Marques (Sicasal/Miticar/Torres Vedras) ganhou o Circuito CAR Anadia, prova da Taça de Portugal Jogos Santa Casa disputada pelas equipas de clube na abertura da época nacional de estrada.
A corrida de 129 quilómetros, disputada num circuito de seis voltas com partida e chegada na freguesia anadiense se Sangalhos, teve duas fases distintas. Os primeiros dois terços da prova assistiram a diferentes movimentações que nunca desmantelaram o pelotão.
O grupo dos mais fortes manteve-se compacto até aos derradeiros 40 quilómetros. Nessa altura atacaram nove corredores: Bernardo Jorge (Adega Mor/GDM/CACB), Ivo Pinheiro e Quévin Sequeira (Almodôvar/Delta Cafés/Crédito Agrícola), Pedro Crispim (Bicicletas Rodríguez Extremadura), João Silva (Escribano Sports Team), Rúben Silva (Fortunna/Maia), Tiago Sousa (Porminho Team Sub-23), Diogo Narciso e Francisco Marques (Sicasal/Miticar/Torres Vedras).
Os seis mais fortes deste grupo resistiram até ao final na frente da corrida. A subida, antes da viragem para a reta da meta, ditou a última seleção, proporcionando um sprint a dois. Ivo Pinheiro arrancou primeiro, mas Francisco Marques respondeu no momento certo, impondo-se diante do corredor da equipa alentejana.
Francisco Marques ganhou ao fim de 3h08m16s de corrida, o mesmo tempo de Ivo Pinheiro. Rúben Silva (Fortunna/Maia) fechou o pódio do dia e, como sub-23 de primeiro ano, conquistou a classificação da juventude. Destaque para mais dois estreantes na categoria de sub-23 entre os seis primeiros, João Silva e Pedro Crispim.
A Sicasal/Miticar/Torres Vedras ganhou em toda a linha, conquistando também a classificação coletiva e a da montanha, através de Francisco Guerreiro.
“É fantástico poder dar continuidade nas corridas ao treino que nunca deixámos de fazer. E é uma sensação espetacular vencer logo na primeira prova da época. Foi uma competição muito disputada, teve sempre um bom ritmo e houve vários ataques. A duas passagens do final consegui entrar na fuga. Foi uma fuga em que nos demos todos bem, conseguimos ganhar vantagem e mantivemos cerca de 40 segundos sempre até ao fim. Depois, na linha de meta, consegui levar a melhor e ganhar. É muito bom poder contar com o apoio dos patrocinadores, do staff da equipa e de todos os meus familiares e amigos. Sem esse apoio nada disto era possível”, afirmou Francisco Marques.
Fonte: Federação Portuguesa Ciclismo

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2021 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533