Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Ciclocrosse
 
 

“Ninguém pára Wout Van Aert no ciclocrosse”

Por: José Morais
A época de ciclocrosse de 2021/2022 continua em grande, e ninguém pára Wout Van Aert, o belga voltou a ganhar, desta vez o Superprestige de Zolder realizado nos Países Baixos, conseguindo uma grande distância contra todos os seus rivais, com Van Der Poel a fazer a segunda prova da época, e a desistir.
Mais uma vez Wout van Aert conseguiu ser invencível na época de ciclocrosse de 2021/2022, a ter mais uma vitória, desta vez na Superprestige de Zolder dos Países Baixos, realizado no dia 27 de dezembro, e mais uma vez a sua vantagem sobre os seus adversários mais próximos foi significativa, onde pela segunda vez numa prova consecutiva, estava incluído o seu grande rival, Mathieu Van Der Poel
O ciclista belda da Jumbo-Visma muito cedo atacou, logo na primeira volta o seu avanço era notório, o qual foi aumentando o mesmo em cada volta percorrida, o que deu para vencer e ficar na frente de Tom Pidcock da Ineos, e ainda do atual líder da Taça do Mundo Eli Iserbyt da Pauwels Sauzen Bingoal, os quais melhoraram os seus resultados na prova que realizaram na véspera em Dendermonde na Bélgica, onde conseguiram um oitavo e nono lugar.
Desta vez, na Superprestige de Zolder já no final da primeira volta o pelotão ias ficando para trás e desfragmentava-se, com Wout van Aert a aumentar o seu ritmo, com Quinten Hermans da Tormans, Toon Aerts da Baloise Trek, e Corne van Kessel da Tormans, a seguirem na roda do belga, onde também logo atrás seguiam Pidcock e Eli Iserbyt da Bingoal Pauwels Sauzen, com o grupo onde seguia Van der Poel, a vir alguns segundos depois.
Porem, Wout van Aert na segunda volta acelerava ainda mais a corrida, levando na sua roda Aerts e Hermans, com Van Der Poel e Pidcock a lutar na perseguição tentando chegar à frente, porem sem grande sucesso, já que Wout van Aert mostrava cada vez mais força, pedalava mais forte, e partia assim para a vitória final isolado o belga, com o abandono a seis voltas do final de Van Der Poel

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2021 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533