Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Paraciclismo
 
 

“Luis Costa arrecada diploma na prova de contra-relógio”

Luís Costa garantiu mais um diploma para Portugal, com um sétimo lugar na prova de contra-relógio da classe H5 (handbike), dos Jogos Paralímpicos. Telmo Pinão, que corre na classe C2 (bicicleta), fechou na 11.ª posição.
A prova de contra-relógio dos Jogos Paralímpicos realizou-se hoje no Autódromo Internacional de Fuji, onde Luís Costa e Telmo Pinão estiveram a representar a seleção nacional.
Luís Costa conseguiu alcançar a sétima posição na classe H5 (handbike), depois de concluir os 24 quilómetros da prova em 42m42s. O holandês, Mitch Valize, sagrou-se campeão Paralímpico da classe, com um tempo de 38m13s.
“A prova correu bem, mas não tão bem quanto eu queria. Sinto-me bem, em boa forma e estava motivado para tentar terminar no top 5. Geri o esforço o melhor que pude, mas a minha classe é muito difícil. Foi muito bom, consegui o terceiro diploma em Jogos Paralímpicos, que só de si já é um enorme motivo de felicidade para mim. Todo o trabalho que tenho realizado até agora, permitiu-me estar aqui a este nível e proporcionar este diploma de grande importância para o desporto português. Para a prova em linha tenho as mesmas expectativas que tinha para o contra-relógio. O percurso é muito duro, mas vou lutar por mais um bom resultado”, revelou Luís Costa.
Telmo Pinão competiu na classe C2, completando a prova em 41m57s. O vencedor da classe, Darren Hicks (Austrália) conseguiu um tempo de 34m40s, que lhe garantiu a medalha de ouro.
“O contra-relógio nunca foi o meu forte, mas estou muito feliz com a minha prestação. Os valores que consegui foram muito bons e fiquei muito satisfeito com isso, visto que foi acima daquilo que costumo fazer. A nível pessoal foi um resultado muito positivo, que teve origem no trabalho que tenho realizado com a bicicleta de contra-relógio. A prova em linha não vai ser fácil, pois vou competir não só contra a minha classe, mas também com atletas das classes C1 e C3, o que acaba por ser um pouco ingrato. Apesar disso, esta prova é a minha praia e vou dar o meu melhor", afirmou Telmo Pinão
O selecionador nacional de paraciclismo, José Marques, mostrou-se muito satisfeito com a prova realizada pelos dois atletas. “Foi muito bom. O Luís conseguiu cumprir um dos nossos objetivos, que era o diploma Paralímpicos. Este reconhecimento é muito importante, não só para o desporto português, mas também para o próprio Luís. Este diploma dar-lhe-á mais confiança para competições futuras, o que poderá beneficiá-lo muito, inclusive na prova em linha. Quanto ao Telmo, sabíamos que poderia fazer uma boa corrida, esteve muito bem e também está de parabéns pela prova que fez. A prova em linha vai ser muito complicada para os dois, visto ser um percurso muito longo e duro”.
Fonte: Federação Portuguesa Ciclismo

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 2021 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533